Browsed by
Tag: programação

Aprenda a programar

Aprenda a programar

Parte I – Desenvolvimento de aplicações web

Primeiramente, assista esse vídeo:

Depois leia esse post: blog.lucascaton.com.br/2014/05/21/como-aprender-ruby-e-rails.

Finalmente, entre nesse grupo para acompanhar as novidades ou para tirar dúvidas: Ruby on Rails Brasil.

Parte II – Desenvolvimento de aplicações iOS (iPhone, iPad, Apple Watch, Apple TV)

Entre nesse grupo (Slack): iOS Dev BR.

Qualquer dúvida, mande nos comentários abaixo :-)

8 motivos pra programar em inglês

8 motivos pra programar em inglês

Vejo muitos brasileiros escrevendo código em português. Na faculdade até pode fazer um pouco de sentido por mais didático, mas vou apresentar alguns motivos pelos quais isso deve ser evitado no mundo real:

1. O motivo mais importante: inglês é o idioma internacional para código (e para documentações). Mais especificamente, o inglês americano é o padrão. Eu trabalho em uma empresa australiana e embora a Austrália siga a gramática britânica, o código que escrevemos segue a gramática americana (exemplo: “color” e não “colour”). Então se esse é o padrão mundial, por que não segui-lo?

2. Se você pretende um dia trabalhar fora do Brasil, potenciais empresas querendo te contratar vão querer ver seu código, mas não irão entender se estes estiverem em português. Então procure deixar seus repositórios no Github com código e documentação em inglês.

3. Os comandos e palavras-chave de linguagens em programação são em inglês, então mesmo que você queria escrever em português, vai acabar ficando inevitavelmente uma mistura.

4. Algumas linguagens e frameworks estão preparados para entender o inglês em termos de semântica. Exemplo: o Ruby on Rails sabe que a tabela no banco de dados para um determinado model deve ser sempre o nome do model no plural. Ou seja, ao ter um model “Person”, ele vai procurar uma tabela “people”.

5. Contribuições para projetos open-source devem ser em inglês. Eu sinceramente não conheço um projeto open-source famoso que não esteja em inglês.

6. Muitas empresas no Brasil já escrevem códigos em inglês. Então se eventualmente você começar a trabalhar em um dessas empresas, você terá que se adaptar de qualquer forma.

7. Acentos, “ç” e caracteres especiais não funcionam bem em todas as linguagens, fazendo que você tenha palavras escritas de forma incorreta se você as escrever em português.

8. Você treina e melhora seu inglês :-)